Elefante Conferiu

O Orfanato da Srta Peregrine Para Crianças Peculiares, Ransom Riggs | Resenha

Semana retrasada (a tal semana do consumidor), a Amazon estava com promoção no seu site e uma delas era que cada dia uma editora dava algum desconto. Por conta disso, resolvi dar uma acrescentada na minha coleção de ebooks (Kindle vicia rs). Num desses dias, “comprei” (como peguei o desconto de 10 reais e o livro estava R$9,90, ficou gratuito) o “O Orfanato da Srta Peregrine Para Crianças Peculiares”, de Ransom Riggs, como tinham lançado o trailer do filme que é baseado no livro, decidi lê-lo antes de assisti-lo.

Quem diria? Devorei o livro em uma semana, e assim pude ver o trailer (sem surpresas) que é dirigido por Tim Burton, com previsão de estreia para setembro desse ano.

Sinopse:

capa livro o orfanato da srta peregrine para criancas peculiaresTudo está à espera para ser descoberto em ‘O orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares’, um romance que tenta misturar ficção e fotografia. A história começa com uma tragédia familiar que lança Jacob, um rapaz de 16 anos, em uma jornada até uma ilha remota na costa do País de Gales, onde descobre as ruínas do Orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares. Enquanto Jacob explora os quartos e corredores abandonados, fica claro que as crianças do orfanato são muito mais do que simplesmente peculiares. Elas podem ter sido perigosas e confinadas na ilha deserta por um bom motivo. E, de algum modo – por mais impossível que possa parecer – ainda podem estar vivas.

Formato: eBook Kindle
Tamanho do arquivo: 9383 KB
Número de páginas: 336 páginas
Editora: LEYA BRASIL (24 de agosto de 2015)
Idioma: Português
ASIN: B014GGCA1A


Resenha:

Lembram-se quando escutávamos histórias de circos viajantes com pessoas diferentes, exemplo da mulher barbada, pessoas que engolem fogo, pessoas extremamente fortes, etc.? E se de alguma forma essas pessoas existissem, fossem reais, e estivessem andando em grupos por ai… Estranho, assustador, bizarro, encantador… E é assim que embarcamos na história de Jacob e o orfanato de crianças peculiares.

peculiar:
1 Que diz respeito a pecúlio. 
2 Especial, privativo, próprio de uma pessoa ou coisa.

O livro é baseado em fotos, todas bem antigas, algumas bastante macabras, cada uma com sua história, que é descrita nos personagens. Ramson Riggs é bem detalhista e te fascina pelo modo que consegue descrever cada pessoa, local e situação. O fato do livro ser narrado em primeira pessoa (visão de Jacob), não deixa a desejar e não te deixa preso a essa única visão.

Jacob é um garoto solitário, de poucos amigos, mas não se importa com isso. É de uma família que batalhou para ser rica e com um avó bem próximo que lhe conta histórias bem fantasiosas sobre o seu passado, que ele imaginava ser apenas da sua imaginação, já que o avó foi soldado na Segunda Guerra Mundial. Um dos poucos (ou único) amigo(s) ele descreve no seguinte trecho:

“Assim era nossa amizade: porções equivalentes de irritação e cooperação. A porção de cooperação era um acordo comercial de escambo de inteligência por músculos, estabelecido quando eu o ajudei a passar de ano em inglês e ele me ajudou a não ser exterminado pelos sociopatas cheios de anfetamina que povoavam os corredores de nossa escola. O fato de ele deixar meus pais um pouco desconfortáveis era um bônus. Na minha opinião, ele era meu melhor amigo — o que é um modo menos patético de dizer que era meu único amigo.”

Devido as histórias “imaginárias” do avô sobre as crianças que faziam coisas distintas: flutuavam, tinham uma boca a mais, conseguiam segurar algo bem pesado, tinham um enxame de abelhas dentro de si; e das fotos que ele lhe mostra, Jacob tinha uma imaginação ímpar, mas também pensava que tudo não deixava de ser montagens fotográficas.

Até que… tudo começa a fazer sentido (ou não) quando o avô morre em seus braços. Novas visões começam a surgir no mundo de Jacob, e ele embarca em uma viagem mental… E depois material, pois viaja para a uma ilha no país de Gales. Lá, ele descobre onde o avô viveu quando criança, porém, o local está aparentemente abandonado.

“Parecia um quarto no castelo da Bela Adormecida, com velas cobertas por teias de aranhas em candelabros nas paredes, uma penteadeira com espelho repleta de frascos de cristal e uma gigante cama de carvalho.”

“Era como se a constância da vida deles ali, os dias sem mudanças, aquele verão perpétuo e imortal, tivesse prendido suas emoções como fizera com seus corpos, selando-os em juventude como Peter Pan e seus Meninos Perdidos.”

Cheio de viagens no tempo, suspense e até mesmo um toque de terror, O Orfanato da Srta Peregrine te impressiona a cada capítulo. E mesmo Jacob com 16 anos na história, temos até uma dose de romance, sem forçar:

“Eu não sabia como chamar aquilo que acontecia entre nós, mas estava gostando. Era uma sensação tola, frágil e boa.”

O Orfanato da Srta Peregrine Para Crianças Peculiares (2)

Como não damos spoilers, o que podemos dizer, é que a senhorita Peregrine também é uma pessoa peculiar, e que transforma-se em um falcão-peregrino (por isso o sobrenome Peregrine) como podemos ver no trailer do filme. Ela quem guia as crianças peculiares e tem poderes especiais, que a tornam uma personagem importante na narrativa.

“Millard tateou o chão de cascalho até encontrar uma pedra pontuda, e usando outra pedra como martelo talhou na pedra sua própria inscrição embaixo das outras. Ela dizia A.P. 3-9-1940.”

Booktrailer:

Trailer do filme:


Adquira seu exemplar em e-book:

Livro Físico:


 

Elefante pergunta: Você está ansioso(a) para ver o filme?


seal_lomadee

Você também poderá gostar de:

Comente via FB ♥