Sábado é dia de resenha de livros no Elefante Voador ♥. Hoje trazemos uma resenha um tanto diferente do que estamos habituadas a publicar por aqui, vamos falar de um mangá! O Cão que Guarda as Estrelas, publicado pela Editora JBC em 2014, traz uma história emocionante e que gostaríamos de compartilhar com nossos leitores.

A obra é uma verdadeira colecionadora de prêmios e indicações nos países em que foi publicada. O Cão que Guarda as Estrelas já venceu categorias como: “Livro de platina eleito pelos leitores e “Livro para chorar” do Da Vinci Book of The Year de 2009. Foi eleito também como um dos dez melhores livros de 2013 na Great Graphic Novel For Teens da American Library Association.

Saiba mais:

Hoshi Mamoru Inu Capa.inddA história conta uma aventura vivida por dois companheiros, um simples senhor, sem dinheiro, emprego, ou família, e seu cachorro, que farão o possível para viver e sobreviver a sua “viagem” pelo interior do Japão.
O grande diferencial da narrativa fica por conta do ponto de vista. Os acontecimentos são vistos sempre pelo olhar do cachorro, e a perspectiva canina dos fatos e seus sentimentos são os companheiros do leitor ao longo das páginas.

Nº Total de Edições: 01 volume
Formato: 14,8 x 21 cm
Páginas: 132
Preço: R$ 23,90
Classificação etária: livre


Resenha

"Hoshi Mamoru Inu". Em tradução literal, 
o cão que guarda as estrelas. É uma expressão japonesa 
usada para descrever uma pessoa que quer algo impossível. 
A origem vem da imagem do cachorro que fica olhando 
para o céu como se desejasse a estrela.

Trata-se de uma daquelas histórias curtas mas com mensagens enormes. O cão que guarda as estrelas é um mangá de volume único que traz a narrativa linda do ponto de vista de um cachorro.
Ele vê seu dono passando por problemas com a família, de saúde e financeiros de uma maneira tocante. A história nos faz repensar sobre o que é essencial e o que é supérfluo em nosso dia a dia, e se damos o devido valor as coisas simples e verdadeiras da vida.

Os humanos são sinceros na frente de um cachorro.

002

A simplicidade e a honestidade vinda do amor de um animal é transformador. Muitas vezes não percebemos o quanto influenciamos na vida de nosso bichinho de estimação e o quanto eles influenciam em nosso humor, responsabilidades, sentimentos… e até mesmo na forma de enxergar o amor. Esse amor que se doa por inteiro sem esperar nada em troca. Que não nos abandona nas dificuldades. Sempre repleto de gratidão e carinho.

Quando as coisas vão mudando aos poucos, depois de alguns anos, acabam mudando bastante.

Gostei muito da leitura de O cão que guarda as estrelas, é fluída, rápida e emocionante. (Caíram algumas lágrimas enquanto eu lia a história). Achei a obra muito bem escrita, as ilustrações belíssimas e funcionam como um complemento fantástico à leitura. O mais importante é a mensagem do livro, que é muito clara.

003

É uma daquelas histórias que mudam seu jeito se pensar e agir. Você começa a ler de uma maneira e termina de outra. Indico a leitura e ainda sugiro que espalhem essa história emprestando aos amigos e dando de presente!

Todas as pessoas, enquanto viverem, são “cães que guardam as estrelas”.


Elefante pergunta: Você já conhecia a história d’O Cão que Guarda as Estrelas?

One thought on “O Cão que Guarda as Estrelas, Takashi Murakami — Resenha

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Next Post

A segunda edição do livro O Senhor da Luz, de Graciele Ruiz, terá capítulo extra

Mon Jul 25 , 2016
O Elefante Voador adora um livro fantasia, e fica muito contente em saber que há bastantes autores brasileiros que criam histórias incríveis e fantásticas, como […]
Bitnami