Elefante Conferiu

Em algum lugar nas estrelas, Clare Vanderpool — Resenha

A resenha de hoje é super especial ♥ Ela foi feita com o maior carinho pela leitora (e amiga) Danielle Mariotin. Ela traz um olhar sobre o livro Em algum lugar nas estrelas de Clare Vanderpool que foi publicado no Brasil pela Darkside em maio deste ano. Conheça um pouco mais sobre a obra:

Sinopse:

capa-algum-lugar-nas-estrelas-darksidebooks

EM ALGUM LUGAR NAS ESTRELAS é um romance intenso sobre a difícil arte de crescer em um mundo que nem sempre parece satisfeito com a nossa presença. Pelo menos é desse jeito que as coisas têm acontecido para Jack Baker. A Segunda Guerra Mundial estava no fim, mas ele não tinha motivos para comemorar. Sua mãe morreu e seu pai… bem, seu pai nunca demonstrou se preocupar muito com o filho. Jack é então levado para um internato no Maine (o mesmo estado onde vivem Stephen King e boa parte de seus personagens). O colégio militar, o oceano que ele nunca tinha visto, a indiferença dos outros alunos: tudo aquilo faz Jack se sentir pequeno. Até ele conhecer o enigmático Early Auden.

Early, um nome que poderia ser traduzido como precoce, é uma descrição muito adequada para um prodígio como ele, que decifra casas decimais do número Pi como se lesse uma odisseia. Mas, por trás de sua genialidade, há uma enorme dificuldade de se relacionar com o mundo e de lidar com seus sentimentos e com as pessoas ao seu redor.

Obsessivo, Early Auden tem regras específicas sobre que músicas deve ouvir em cada dia da semana: Louis Armstrong às segundas; Sinatra às quartas; Glenn Miller às sextas; Mozart aos domingos e Billie Holiday sempre que estiver chovendo. Seu comportamento é um dos muitos indícios da síndrome de Asperger, uma forma branda de autismo que só seria descoberta muito tempo depois da Segunda Guerra, e que inspirou personagens já clássicos como o Sr. Spock (Star Trek), o Dr. House e Sheldon Cooper (The Big Bang Theory).

Quando chegam as festas de fim de ano, a escola fica vazia. Todos os alunos voltam paracasa, para celebrar com suas famílias. Todos, menos Jack e Early. Os dois aproveitam a solidão involuntária e partem em uma jornada ao encontro do lendário Urso Apalache. Nessa grande aventura, vão encontrar piratas, seres fantásticos e até, quem sabe, uma maneira de trazer os mortos de volta ainda que talvez do que Jack mais precise seja aprender a deixá-los em paz.

EM ALGUM LUGAR NAS ESTRELAS é uma daquelas grandes histórias que permanecem com você por muito tempo, perfeita para ler entre amigos ou passar de pai para filho. Tudo que é real pode ser uma grande fantasia ou uma coincidência inevitável. Somos muito mais que um simples desejo do acaso. Nossos caminhos vão se cruzar no primeiro semestre de 2016 nesta obra premiada com o Printz Honow Award em 2016, indicada a outra dezena de prêmios e eleita o livro do ano em dezenas de listas preparadas pelos leitores.

Título: Em Algum Lugar nas Estrelas
Autor: Clare Vanderpool
Tradutor: Débora Isidoro
Editora: DarkSide®
Edição: 1a
Idioma: Português
ISBN: 978-85-66636-83-3
Especificações: 272 páginas (estimadas), Limited Edition (capa dura)
Dimensões: 14 x 21 cm


Resenha “Em algum lugar nas estrelas”:

Em algum lugar nas estrelas é aquele livro que te faz refletir sobre as coisas mais simples e complicadas da vida: Que caminho seguir?

Antes de mais nada, vamos falar um pouco dele: um livro de capa dura, com marca página e que faz qualquer um parar o que está fazendo para ver qual é o livro que você está lendo. Em algum lugar nas estrelas é uma verdadeira obra de arte quando o assunto é projeto gráfico: com uma capa limpa, simples e maravilhosa, o livro tem ainda algumas gravuras das constelações que, isso para mim, é muito divertido!!!

Bom agora vamos a resenha!

Em-Algum-Lugar-3D-livro-aberto-completo

Em algum lugar nas estrelas conta a história de Jack Baker, um garoto do Kansas que vai para um internato em Maine. Sem mãe e um pai que luta no exército da marinha, no final da Segunda Guerra Mundial, Jack se vê sozinho em um lugar novo e pessoas novas.

A primeira vez que a gente vê o mar deve ser muito emocionante ou aterrorizante. Queria poder dizer que foi uma dessas coisas para mim. Eu só vomitei na praia cheia de rochas.

Lá ele conhece Early Auden (na real, lembrei muito do Sheldon Cooper haha), um menino “estranho”. Que é bem difícil assumir que está errado e tem certos “tiques” nervoso.

E a pergunta persistia. Ele era estranho do tipo camisa de força ou só um esquisito do tipo que passava o recreio, sozinho e enfiava insetos no nariz?

Early tem alguns dons, e um deles é enxergar uma história por trás dos números, com isso ele conta a história de Pi. Porém um professor diz que os números de Pi vão acabar, deixando Early furioso. Jack no começo não entende essa obsessão que ele tem pelo Pi, mas ao longa da história ele descobre muitas coisas sobre Early e acabam se tornando grandes companheiros.

O legal que as histórias de Pi estão em outa tipografia que as diferenciam do texto da história de Jack, como se tivesse sido tirado de um livro antigo, com letras mais densas.

Em algum lugar nas estrelas2

O objetivo inicial da história é achar um urso gigante que está em todos os noticiários do Maine, porém, eles vão encontrar muito mais do que somente um urso gigante. Em algum lugar das estrelas é um livro fascinante e que te faz refletir. Não achei a categoria de romance legal para esse livro, na minha opinião, aventura seria mais adequado.

Além de ser uma história divertida e emocionante (ri várias vezes), é uma leitura simples, fácil e rápida. Clare Vanderpool é objetiva, ela coloca detalhes naquilo que realmente vai fazer um efeito na leitura.

Por um momento, não soube o que responder. Poderia ser honesto e dizer: “Acho que você é maluco, nós dois somos doidos por procurarmos esse urso idiota”.

Uma dica é dar uma olhada na playlist que a Darkside fez com as músicas que Early escuta (tirando o fato que não escutei na ordem que ele escuta, ainda sim, as músicas são muito boas)

Indico esse livro para leitores que já estão saturados com histórias repetitivas, além disso, no final tem uma pequena entrevista com Clare sobre o livro, que eu adorei!

Danielle Mariotin


Onde comprar “Em algum lugar nas estrelas”?


Danielle Mariotin é designer, diagramadora de livros e adora artesanato. ♥ Trabalhou com a Cintia do Elefante Voador onde criaram uma amizade cheira de cumplicidade e amores em comuns (séries, livros, marcadores, Capitão América, entre outros). Dani acompanha o site desde o início, dando dicas de matérias, curtindo, comentando e participando de todas as nossas promoções. 


Elefante pergunta: Queremos mais resenha da Dani no Elefante Voador, sim ou claro?

 

Comente via FB ♥