O Elefante Voador teve a oportunidade de encontrar a autora Camila Aguirre algumas vezes durante a última edição Bienal do Livro de São Paulo. Em um desses encontros, ela nos presenteou com um exemplar do seu livro Os Cinco Demônios e hoje nos trazemos a resenha da obra que é perfeita para quem adora histórias macabras de vampiros 😉 Saiba mais:

cinco-demonios-osSinopse: Um século de completa paz se passou desde que o quinto e último demônio foi aprisionado numa urna de prata e sepultado junto aos seus. Gabriel, seu captor, acreditou que tudo estivesse acabado e que conseguiria repouso de suas caçadas. Ansioso, ele aguarda o momento certo para contar a Fernando, seu afilhado, a verdade que guardou a sete chaves por tanto tempo. Enquanto Sally luta para atingir seu objetivo cruel de despertar o maldito Boris, um dos cinco, Fernando se vê soterrado pelas mentiras de Gabriel e nem imagina sua verdadeira relação com o vampiro que seu padrinho aprisionou. Os cinco demônios é um livro cheio de suspense e reviravoltas, capaz de roubar‑lhe o sono com sua trama intrincada de traições, perseguições de tirar o fôlego e lugares habitados pelo medo. Prepare‑se para essa aventura e cuidado: não alimente os vampiros.

Páginas: 496
Edição: 1ª
Preço: R$ 45,00
Formato: 14 X 21
Acabamento: brochura
ISBN: 978-85-428-0591-8
Categoria: Ficção; Literatura brasileira


Resenha

Logo de cara percebemos que o livro de Camila Aguirre é um livro para um público adulto e que gosta de vampiros em sua verdadeira essência: assassinos frios e nem um pouco romantizados. Apesar do conteúdo “tenso“, a linguagem da narrativa é bem despojada o que torna a leitura bem agradável.

Inspirou o ar quente da noite e junto veio o cheiro de sangue. Seu estômago ardeu. Sede. Levou os dedos indicador e médio à ferida do homem e apertou, molhando-os com o néctar quente e vermelho.

A história gira em torno de Fernando, um jovem executivo que começa a desconfiar das atitudes misteriosas e segredos de seu padrinho Gabriel. O que ele não imaginava é que as respostas para suas perguntas o levariam direto a uma realidade bem diferente daquela que ele estava habituado: o sobrenatural.

De outro lado, a vampira Sally tenta acordar um dos “piores” imortais que já existiram: Boris, um dos cinco demônios que fora aprisionado por Gabriel cerca de um século antes. Isso acaba colocando Fernando em meio a uma guerra violenta onde sobreviver será apenas um dos muitos desafios que o jovem terá de enfrentar.

Goste ou não, você está no meio de uma guerra […] Uma guerra que dura sete séculos. Uma guerra entre o bem e o mal. Uma guerra entre humanos e vampiros.

No começo, eu senti falta de mais descrição nas cenas de ataques dos vampiros, mas, foi só inicialmente mesmo. Conforme a história vai se desenrolando, temos muitas oportunidades de ver os vampiros em ação inclusive em combates corpo a corpo que são super bem escritos!

b

A trama vai se revelando da metade pra frente do livro e o ritmo vai ficando mais intenso. A Camila Aguirre é bem ousada (de uma maneira boa) tanto na escolha da linguagem que ela utiliza na narrativa, quanto ao não optar por soluções muito óbvias.

Vocês conseguem imaginar uma troca de tiros na região central de São Paulo protagonizada por vampiros? E os policiais enviados para apaziguar o caso servindo como um lanchinho delivery? 
A história é repleta de cenas de luta, estratégias, emboscadas, perseguições. Arrisco dizer que daria um ótimo filme de ação!

Era um guerreiro. Não por eleição, mas um guerreiro por imposição. Agora mais do que nunca o destino se encarregava de chamá-lo para a batalha que sabia ser a última.

Além do terror, que é a base de Os Cinco Demônios, encontramos elementos de mistério e suspense e até uma pegada sensual em alguns momentos.

Sua vida dependia daquele líquido e a vida do mortal se esvaía por ele.

Os personagens do livro são bem interessantes, principalmente os mais sombrios. A lógica é essa: quanto mais antigo e mais do mal o vampiro, mais fodástico ele é. E sobre aqueles mais bonzinhos: tive que lidar com a morte de um personagem que eu gostava muito. E o choque foi similar ao da morte de Ned Stark. Pô! eu tinha certeza que alguém daria um jeito de salvá-lo 🙁 ~ PS. Leiam para saber de quem se trata XD.

000

No geral, achei uma leitura divertidíssima. Fiquei bem tensa em alguns momentos, principalmente da metade para o fim, e gostei bastante de maneira que a Camila retrata os vampiros. Os últimos capítulos têm um ritmo alucinante. É impossível desgrudar do livro sem conhecer o desfecho da história e… surpresa: A história acaba em seu ápice, deixando a resolução dos mistérios para o próximo volume. Só nos resta esperar!

Hey! Eu já me esquecendo. Esta semana vai ao ar em nosso canal no Youtube uma entrevista que fizemos com a Camila Aguirre durante a Bienal do Livro. Inscreva-se lá e saiba em primeira mão quando o vídeo for ao ar 😉


Elefante pergunta: Qual sua história preferida de vampiros? Já leu Os Cinco Demônios?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Next Post

Conheça Alerta de Risco, de Neil Gailman

Mon Sep 19 , 2016
Neil Gaiman é um autor que gosta de mexer com a nossa imaginação, e quando envolve uma coletânea de contos com um pouco de tudo: […]
Bitnami