O Elefante Voador teve a oportunidade de conhecer a autora Bárbara Negrão quando acompanhamos a sua Encontrevista no Café de Autores. Nesse dia, também pudemos conhecer a Trilogia Labirinto. Também encontramos a autora na Bienal do Livro. E, por sermos parceiras da Novo Século, foi nos enviado um exemplar de Labirinto de Espelhos e ficamos empolgadas em lê-lo. Confira:

labirinto-de-espelhos-barbara-negrao-capaSinopse: Quando a estudante Eva Lins conhece o misterioso e sedutor Willian não imagina quais segredos ele podia esconder por trás de tanta beleza. Que ele é perigoso, ela pôde ver em seus olhos desde a primeira vez que se encontraram, porém, a vontade de estar junto a ele é maior do que qualquer pressentimento que a jovem possa ter. Chocada pelas revelações, e ao mesmo tempo atraída e fascinada por todo o mundo novo que envolve Willian, Eva não se deixa intimidar e se entrega à história que promete ser a mais emocionante de toda sua vida, sem imaginar que mais mistérios estão para serem revelados.

Editora: Novo Século – Selo Novos Talentos da Literatura
Edição:
 2
Formato: 16 x 23 cm
ISBN: 9788542809114
Acabamento: Brochura/Capa mole
Páginas: 472
Data de publicação: 08/2016


Resenha Labirinto de Espelhos – Livro 1:

labirinto-de-espelhos-barbara-negrao-1

Nesse primeiro livro, somos levados a uma cidade pequena, na qual somos apresentados a Eva, uma adolescente de 16 anos, que está na rotina escola, primeiro emprego e casa. Ela vive com sua mãe, que é enfermeira plantonista, e, juntas vão administrando as rotinas da casa e cidade.

Eva tem três melhores amigas que estudam desde sempre juntas e um melhor amigo, Noah, da qual eram muito próximos. Noah simplesmente saiu da cidade após ver que ela só queria amizade mesmo, e não um romance como era previsto (da parte dele).

A partir dessa saída repentina de Noah da cidade que a trama começa. Eva sente muita falta do amigo e ficou dias na esperança de que ele voltasse, chorou muito, falou com as paredes, relembrou momentos e nada… Para tentar lembrar do rapaz, num dia chuvoso, ela vai até uma mina antiga na qual perdeu um anel que era símbolo da amizade deles e quase morre, literalmente, pois cai em um buraco de um poço e é salva por algo que ela não identifica. Ela não acha o tal anel e volta pra casa toda cheia de lama.

Passado esse episódio, as aulas voltam. Por ser uma cidade pequena, todos sabiam que Noah tinha ido embora, e claro, como Eva era melhor amiga, todos vão até ela para saber onde estaria o rapaz. Eis que um novo aluno chega a escola, e todas as atenções são desviadas para ele: William. Dessa forma, Eva escapa das perguntas inoportunas sobre Noah e William chega com tudo para conquistar a moça… E… consegue!

— Mas aqui encontrei uma coisa que procurava há muito tempo.

— E o que é?

— Você vai saber na hora certa — disse piscando para mim.

Em pouco tempo, Eva já está aos amores por William, e ele, sempre cheio de mistérios, tem algo para revelar. Alguém consegue adivinhar? Isso mesmo, é um vampiro! Um vampiro que consegue manipular a mente das pessoas, menos a de… Eva, claro.

Cheio de atitudes estranhas, ele levou um tempo para revelar sua natureza a Eva. E dai, eu comecei a me lembrar de Crepúsculo, óbvio. Me peguei comparando o ritmo e a trama, muitas vezes com aspectos similares e isso me dava um pouco de desânimo. Mas, a escrita de Bárbara nos prende, e mesmo achando que era parecido com a saga famosa, continuei a leitura. Até que… as reviravoltas começam e não, não tem NADA a ver com Stephenie Meyer.

Outro ponto importante: além de Eva não poder ter a mente manipulada, ela tem o poder de passar todas as suas sensações (sentimentos) para qualquer vampiro que encoste nela, desde alegria, felicidade, até dor, agonia, medo. E no livro, descobre-se que ela tem um sangue valioso.

Quando o livro começa a engatar, as revelações, cenas de ação começam a surgir… o livro ACABA. Fiquei muito brava com o fim dessa primeira parte, e, ao mesmo tempo, fiquei feliz pois como estou lendo a 2ª edição, já tinha o capítulo 1 do segundo livro, mas voltei a ficar brava de novo, porque o capítulo 1 de Labirinto de Ilusões termina num ponto muito importante.

E agora? O que fazer? Tenho que ler logo o segundo livro, tipo já, agora, por favor! Hahaha.

Pelos comentários que já tinha ouvido sobre o livro, muitas se apaixonaram por William, mas, pra mim, acho que ainda é muito cedo pra falar que sou a favor do vampiro, ainda mais pelo modo como ele fala de Eva.

— Que bom. Então domingo você é minha.

Engoli em seco. Do modo como ele falou pareceu até ameaçador. Mas de um modo bom. Se é que podia ter um modo bom.

Acho que terá mais reviravoltas vindo por ai. Além disso, tem esse sumiço de Noah, que vira e mexe Eva se lembra de algo, então, creio que ele também terá papel importante.

Quanto ao nome do livro “Labirinto de Espelhos”, ele faz todo o sentido se você completar a leitura, então, vou deixar no suspense, tem que ler pra saber.

Sobre a diagramação, faltou revisão na parte ortográfica do livro, tem palavras trocadas, parágrafos em linhas erradas, alguns que até podem te confundir, mas em sua maioria, tranquilos de se entender. Quanto a paginação, está bem tranquila, e como é um livro em primeira pessoa, no início é indicado quem está narrando, temos apenas dois capítulos narrados por William, bem no comecinho, o restante são todos de Eva.

labirinto-de-espelhos-barbara-negrao-4 labirinto-de-espelhos-barbara-negrao-5

Se você gosta de histórias de vampiros, é uma ótima história para se começar. Não tem vampiro que brilha no sol e nem lobisomens. Há aquele ar de mistério, romance, sedução e itens para te deixar bem agoniada e com uma pitada de quero mais. 🙂

Tentei fazer uma foto com o rosto da capa, mas foi quase impossível!!! Vale a pena tentar a brincadeira, viu?!

labirinto-de-espelhos-barbara-negrao-3


Encontre Labirinto de Espelho em:


Elefante pergunta: O que um Labirinto de Espelhos pode ter a ver com vampiros?

One thought on “Labirinto de Espelhos, Bárbara Negrão | Resenha

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Next Post

Escape 60 Xtreme, o modelo baseado em situações reais

Thu Oct 20 , 2016
Os jogos de fuga vieram com tudo nesse último ano, e o Escape 60 acaba de inovar em mais uma versão, trazendo agora um modelo […]
Bitnami