Elefante Conferiu

Criaturas Estranhas, Neil Gaiman | Resenha

Criaturas Estranhas é um livro com uma coletânea de contos fantásticos, na verdade, os preferidos do Neil Gaiman, com vários autores diferentes.

criaturas-estranhas-neil-gaiman-1

Na introdução, ele nos conta que, quando era criança, o lugar preferido dele era o Museu de História Natural, e o Museu do Sobrenatural, que não existe na vida real, existe somente nos livros, e, por conta disso, ele decidiu compartilhar esse “museu” com seus leitores.

A cada mudança de conto, ele também nos conta porque escolheu tal conto e como isso o afetou de alguma maneira, o que é muito legal, pra gente saber um pouco mais sobre Gaiman pessoa/leitor, além de escritor.

Para ficar prático, fiz um breve resumo de cada conto. Confira:

Gahan Wilson

f86a0328-5a1c-4464-b62d-22ebe21dd80e

Sim, esse é o nome do conto! Trata-se de uma mancha preta, que apareceu certo dia numa toalha, e ao desviar o olhar, a mancha some, e ao piscar, ela aumenta.

As Vespas Cartógrafas e as Abelhas Anarquistas — E. Lily Yu

Uma colônia de vespas que trata as abelhas como suas escravas natas, “cria” algumas abelhas em seu ninho, e elas viram anarquistas, querendo sair dessa situação, porém, maior predador que o humano, não há.

O Grifo e o Cônego Menor — Frank R. Stockton

Um grifo solitário fica sabendo que, em uma cidadezinha próxima, há uma escultura na frente da igreja com seu semblante, e decide visitar a cidade. O Cônego Menor fica incumbido de não deixar que o grifo coma os humanos, porém, ele diz que só sente fome no equinócio. E, uma hora, o equinócio chegará.

Ozioma, a Maligna — Nnedi Okorafor

A jovem Ozioma tem o dom de falar com cobras, o que faz com que as pessoas de seu vilarejo as evitem, chamando-a de bruxo e feiticeira, e mudando o caminho para não cruzar com ela. Mas, como todo ser humano, só tratam-na bem quando precisam de favores.

Pássaro do Sol — Neil Gaiman

O Clube Epicuriano é formado por pássaros e vivem para provar todos os tipos de comida existentes. Um dos únicos pássaros que ainda não experimentaram é o Pássaro do Sol. Por isso, vão atrás dele, no Egito, na Cidade do Sol. Mas o que eles não sabem, é que o tal Pássaro do Sol, na verdade, é uma fênix! Então, imaginem o que pode acontecer quando se come uma.

Sábio de Theare — Diana Wynne Jones

No mundo de Theare, os deuses são aficionados por organização e regras. Mas há uma profecia sobre o dia que o Sábio da Dissolução começará a fazer muitas perguntas, desestabilizando a ordem dos deuses; e eles tentam mudar o destino dessa profecia.

Gabriel Ernest — Saki

Sem querer, um homem chamado Van Cheese, traz para dentro de sua casa um menino da floresta, que gosta de carne de criança.

O cacatucano ou, a tia-vó Willoughby — E. Nesbit

Ao invés de pegar a carruagem para a casa da tia-vó, Matilda e sua ama Pridmore, pegam uma carruagem que vai parar nas Terras Verdes. Lá é um reino onde existe uma princesa tão magra, mas tão magra, que pode até quebrar, e ela tem um bicho de estimação, o cacatucano (metade cacatua, metade tucano), que tem o poder de mudar as coisas quando dá risada. Um exemplo: Pridmore vira uma máquina automática de reclamações, ao inserir uma moedinha, uma reclamação sairá impressa num papelzinho.

O mal também se levanta — Maria Dahvanna Headley

Na cidade de Bastardópolis, onde é comum um atendente de sorvetteria (com dois t propositais) lhe desejar um péssimo dia, eles tem uma Fera. De repente, eis que aparece um Colecionador de Feras na cidade. O que ninguém sabe, é que na cidade, também existem os Colecionadores de Colecionadores de Feras.

O vôo do cavalo — Larry Niven

Num futuro pós-apocalítico, Svetz é incumbido da tarefa de voltar ao passado para conseguir pegar um cavalo para dar ao Primeiro Ministro. Porém, eles não sabem o que é um cavalo exatamente.

Prismática homenagem a James Thurber — Samuel R. Delany

Amos decide ajudar um homem cinza e magro a achar três fragmentos de um espelho. Esse espelho serve para que o homem cinza e magro e seu melhor e mais íntimo amigo tenham o melhor dia de sua vida. Ao saber disso, Amos conhece Lea e o Príncipe do Arco-Íris Distante, e juntos, eles conseguem enganar o homem cinza e magro para pegar os pedaços do espelho dele.

A Manticora, a sereia e eu — Megan Kurashige

O Sr. Jabricot gosta de inventar novas histórias e criar seres fantásticos para colocar em exposição no Museu de História Natural onde ele trabalha. Entretanto, será que essas criaturas são somente invenção?

O Lobisomem Cabal — Anthony Boucher

O Sr. Lobato Lobo é um professor de alemão com o coração partido que vai afogar as mágoas para um bartender, dizendo que, se ele fosse ao menos policial ou ator, poderia impressionar sua amada. Certa noite, ele é informado por um mágico que, ele não é apenas um humano comum, ele é um lobisomem!

Dessa forma, Sr. Lobo tem a grande ideia de tentar impressionar sua amada mostrando que é melhor que um policial e um ator. Mas, nada sai como planejado e a coisa é pior do que podemos imaginar.

O sorriso no rosto — Nalo Hopkinson

Encarar a puberdade não é tarefa fácil, ainda mais para Gilla, que ganhou muitos quilos nessa fase, tornando-se deboche das pessoas na escola, exceto sua amiga Kysha e seu amigo Foster. No caminho para uma festa, Gilla acaba engolindo uma cereja inteira, e começa a ter pensamentos estranhos em sua cabeça, como se uma árvore falasse de dentro dela.

Ou todos os mares com ostras — Avram Davidson

Em uma bicicletaria, Ferd e Oscar descobrem porque existem mais cabides do que alfinetes, e que bicicletas tem poder de regeneração e podem até procriar! Difícil é manter a sanidade depois de descobrir isso.

Venha, Dona Morte — Peter S. Beagle

Lady Neville é uma senhora rica que dava muitas festas. Um dia, se cansou delas, e decidiu que era hora de inovar! Mandou um convite para a Dona Morte comparecer à seu baile, e ela aceitou.


Elefante pergunta: Qual desses contos parece mais interessante?

Você também poderá gostar de:

Comente via FB ♥