É cada lançamento da DarkSide, que nós ficamos assim ó… de queixo caído! Essa semana foi anunciado o livro A Guerra Que Salvou A Minha Vida, de Kimberly Brubaker Bradley.

Um livro que nos encanta pela sua capa e pelo seu layout! ♥ E daí, quando vemos o que falam sobre ele… Segura as lágrimas ou separa os lencinhos, porque é de se emocionar!

Este é um daqueles romances que você lê com um nó no peito, sorrisos no rosto e lágrimas nos olhos entre um parágrafo e outro. Uma obra sobre as muitas batalhas que precisamos vencer para conquistar um lugar no mundo.

Sinopse:

A Guerra Que Salvou A Minha Vida apresenta uma perspectiva da Segunda Guerra Mundial vista pelos olhos de uma menina que se transforma em refugiada no seu próprio país. Mais uma oportunidade perfeita para emocionar corações de todas as idades e relembrar os valores do companheirismo e da amizade em todos os momentos da nossa vida.

Ada tem dez anos (ao menos é o que ela acha). A menina nunca saiu de casa, para não envergonhar a mãe na frente dos outros. Da janela, vê o irmão brincar, correr, pular – coisas que qualquer criança sabe fazer. Qualquer criança que não tenha nascido com um “pé torto” como o seu. Trancada num apartamento, Ada cuida da casa e do irmão sozinha, além de ter que escapar dos maus-tratos diários que sofre da mãe. Ainda bem que há uma guerra se aproximando.

Os possíveis bombardeios de Hitler são a oportunidade perfeita para Ada e o caçula Jamie deixarem Londres e partirem para o interior, em busca de uma vida melhor.

Kimberly Brubaker Bradley consegue ir muito além do que se convencionou chamar “história de superação”. Seu livro é um registro emocional e historicamente preciso sobre a Segunda Guerra Mundial. E de como os grandes conflitos armados afetam a vida de milhões de inocentes, mesmo longe dos campos de batalha. No caso da pequena Ada, a guerra começou dentro de casa.

Essa é uma das belas surpresas do livro: mostrar a guerra pelos olhos de uma menina, e não pelo ponto de vista de um soldado, que enfrenta a fome e a necessidade de abandonar seu lar. Assim como a protagonista, milhares de crianças precisaram deixar a família em Londres na esperança de escapar dos horrores dos bombardeios.

Mais uma oportunidade perfeita para emocionar corações de todas as idades e relembrar os valores do companheirismo e da amizade em todos os momentos da nossa vida. Vencedor do Newbery Honor Award, primeiro lugar na lista do New York Times e adotado em diversas escolas nos Estados Unidos.


Que história emocionante, não é mesmo? O livro será lançado oficialmente SOMENTE no dia 21 de março! Vamos aguardar!!!

A DarkSide disponibilizou o primeiro capítulo, clique aqui para ler!

Para comprar na pré-venda, acesse: 

5 thoughts on “Lançamento #darklove: A Guerra Que Salvou a Minha Vida, de Kimberly Brubaker Bradley

  1. Isis!
    Gosto de livros ambientados na Segunda Guerra e ver que aqui podemos acompanhar tudo através dos olhos de uma criança que nem tem oportunidade de viver de forma correta sua infância, deve tornar a leitura bem emocional e mostrar um lado mais sensível.
    “Quanto mais nos elevamos, menores parecemos aos olhos daqueles que não sabem voar.” (Friedrich Nietzsche)
    cheirinhos
    Rudy

    TOP Comentarista de FEVEREIRO, livros + KIT DE MATERIAL ESCOLAR e 3 ganhadores, participem!

  2. Oi!
    É incriável as formas diferentes que os autores acabam explorando o tema da segunda guerra mundial, achei esse livro muito interessante e me deixou bem curiosa para ler, mesmo ainda não tendo lido nada sobre esse tema e adorei essa capa que está maravilhosa !!

  3. Olá, livros que abrangem contexto histórico são encantadores, é possível acompanhar o período citado de tal forma a sentir as emoções vividas pelos personagens. Tenho certeza que a história é comovente. Beijos.

  4. Oi Isis!
    Fiquei ansiosa pelo lançamento!
    Já li diversos livros ambientandos durante a Segunda Guerra Mundial, mas acredito que esse seja bem diferente. Além do fato de contar a guerra pelo ponto de vista de uma garotinha, ela é inglesa e tem que deixar sua casa por conta dos bombardeios e não pelas perseguições nazistas como acontece com a maioria dos livros que tive a oportunidade de ler sobre o tema. E o que dizer dessa capa maravilhosa?!
    Beijos!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Next Post

Elefante Voador no show do Wesley Safadão

Thu Feb 23 , 2017
Ai ai ai, esse Elefante Voador é muito safado, não é mesmo? Vai em show pop, eletrônico, rock, metal… E dessa vez, foi para num […]
Bitnami