Elefante Conferiu, Elefante Recomenda

Dicas da Imensidão, Margaret Atwood | Resenha

Dicas da Imensidão, de Margaret Atwood, é um livro que foi lançado originalmente em 1991, no exterior. Reúne textos apresentados por Atwood em revistas como The New Yorker, Granta, Playboy, Vogue e New Statesman. E agora, no Brasil, foi lançado pela Editora Rocco.

No total, são 10 textos sobre mulheres que aparentemente não possuem muito em comum, porém, ao finalizarmos a leitura, sentimos que todas possuem trajetórias parecidas. Todas enfrentaram algo que era considerado um tabu na época do texto e conseguiram superar (ou driblar) tal momento.

Sinopse: 

Aos 77 anos, ela é ativa nas redes sociais, onde frequentemente expõe suas opiniões sobre temas como feminismo, meio ambiente, política e economia, assuntos presentes também em toda a sua extensa obra literária. Nesta coletânea de contos protagonizados por personagens femininas marcantes que inaugura o novo projeto gráfico para a obra da escritora pela Rocco, assinado pelo ilustrador Laurindo Feliciano, a canadense Margaret Atwood mostra mais uma vez por que é uma das principais vozes da literatura em língua inglesa contemporânea. São dez narrativas em que a fauna humana se apresenta em toda a sua banalidade e excepcionalidade, em que situações inquietantes subitamente desestabilizam o cotidiano de pessoas comuns, iluminando o instante único capaz de moldar uma vida inteira. Manejando com extrema habilidade os sentimentos, desejos, as frustrações e memórias de suas personagens, a escritora conduz o leitor por uma teia de histórias que falam da beleza e do mistério da condição humana.


Resenha Dicas da Imensidão:

Como dito anteriormente, são 10 textos. Todos com títulos bem interessantes, são eles:

  1. Lixo verdadeiro
  2. Bola de cabelo
  3. Ísis na escuridão
  4. O homem do brejo
  5. Morte por paisagem
  6. Tios
  7. A era do chumbo
  8. Peso
  9. Dicas da imensidão
  10. Quarta-feira inútil

Quando li o sumário fiquei bem curiosa com Ísis na escuridão. Apesar de ter o nome “Ísis” no título, esse não foi o que me chamou atenção não! Todos os textos tem suas particularidades, o que me chamou mais atenção foi Morte por paisagem (na qual uma menina desaparece sem deixar rastros e isso fica na cabeça de sua amiga por anos).

Todas as histórias tem como pano de fundo alguma região do Canadá. As personagens possuem sempre características físicas semelhantes, mesmo que a autora não as descreva com tanta intensidade.

Há uma pegada feminista sutil em todos os textos que dá aquele conforto no coração! Vemos mulheres corajosas, decididas e dispostas a enfrentar os machismos do dia a dia.

A leitura é bem fluida em todos os textos e uma característica comum na narrativa são as divisões entre presente, passado e futuro. A autora faz uma distinção das passagens históricas, deixando um quê de mistério em cada parte que se completam no final. Tem histórias que deixam uma dúvida do que poderia ter acontecido, não há um desfecho concreto e outras que você entende algo do começo só ao final da leitura. E toda essa dinâmica que prende você a história!

Dicas da Imensidão é voltado mais para um público adulto ou pessoas que já viveram ou conviveram situações diversas. Claramente, são textos que se lidos por alguém mais jovem, não irá entender logo o que as personagens viveram ou o contexto.

Poderia dizer a história de cada narrativa, mas acho que perde a graça! Os temas variam bastante, temos: amor, ilusão, filhos, maternidade, paixão, carreira, amantes, amizades, trabalho, família, aborto, morte… Cada uma aborda um ou mais temas, sempre deixando uma reflexão ao leitor.

E claro, por serem narrativas distintas, é um livro que pode ser lido em qualquer ordem! =)

Fiquei tão fascinada com a escrita de Atwood que estou a procura de outros livros dela!

Deu aquela curiosidade? A Editora Rocco disponibiliza um pequeno trecho do livro, clique aqui para ver.


Elefante pergunta: Já conheciam Margaret Atwood? Quais livros dela você indica?

Comente via FB ♥