No dia 13 de maio, o Elefante Voador esteve presente na segunda edição do Maximus Festival, no autódromo de Interlagos, em São Paulo. Essa edição bateu recordes da primeira, de 25 mil participantes, esse ano contou com 40 mil participantes! Portanto, vamos falar das diferenças que encontramos da primeira edição com a segunda.

Nessa segunda edição, houveram algumas mudanças na estrutura, como exemplo o palco Thunderdome, que foi montado um pouco mais distante dos palcos principais, talvez para que o som de um não interferisse no outro. Lá, houveram as apresentações de Nem Liminha Ouviu, Deadfish, Flatliners, Pennywise e Rise Against. Como focamos nas apresentações dos palcos principais, não vimos nenhuma dessas bandas.

O espaço da Tagima, que ano passado teve um grande destaque, esse ano ficou um tanto quanto escondido e pequeno.

A área para entretenimento teve uma decoração bem diferente também. Estava mais dark e menos rock que ano passado.

Shows que assistimos:

Ghost – Crédito: Marta Ayora

Nos palcos principais, as atrações não atrasaram nem um minuto, algo prometido desde a primeira edição. Como dito anteriormente, infelizmente, não vimos as apresentações do palco Thunderdome, pois queríamos assistir ao Ghost, Rob Zombie, Slayer e Linkin Park. Portanto, não tivemos tempo para sair dos palcos principais.

Em todos os shows a galera vibrou e cantou, as áreas em frente ao palco ficaram cheias o festival inteiro, sem o pessoal desbandar. Observávamos a movimentação quando os shows trocavam entre o Maximus Stage para o Rockatansky Stage, e vice versa. Mesmo assim, com a plateia lotada, ainda tinha muita gente nas outras áreas do evento.

Slayer – Crédito: Marta Ayora
Rob Zombie – Crédito Marta Ayora

Antes do show do Linkin Park, assistimos ao Prophets of Rage, que mostrou um som diferente e imponente. Bem interessante para conhecer. Quem era fã, conseguiu ficar bem perto da banda.

Prophets of Rage – Crédito: Marta Ayora
Linkin Park – Crédito: Marta Ayora

No show do Linkin Park, a Isis resolveu ir pro meio da galera mesmo e conseguiu essas fotos bem de pertinho. Foi um show bem nostálgico e relembrou vários momentos do show de 2005 quando eles tocaram no Estádio do Morumbi! Só achamos que o show poderia ter durado mais uma meia hora. Depois de 1 hora e meia cravados, eles saíram do palco, sem direito a bis.

Para relembrar mais momentos, deixamos alguns trechos do instagram do próprio Maximus Festival:

Rob Zombie no nosso palco!

Uma publicação compartilhada por Maximus Festival Brasil (@maximusfestivalbr) em

Rise Against? Temos também!

Uma publicação compartilhada por Maximus Festival Brasil (@maximusfestivalbr) em

Five Finger Death Punch levou os fãs pro palco!

Uma publicação compartilhada por Maximus Festival Brasil (@maximusfestivalbr) em

Slayer no palco e o publico indo a loucura!

Uma publicação compartilhada por Maximus Festival Brasil (@maximusfestivalbr) em

Linkin Park fechou a noite tirando todo mundo do chão!

Uma publicação compartilhada por Maximus Festival Brasil (@maximusfestivalbr) em


Estamos no aguardo para novidades sobre o próximo Maximus Festival!

Será que teremos uma edição mais épica do que a outra? *Ansiosa*

5 thoughts on “Elefante Voador no Maximus Festival 2017

  1. Uau que fotos lindas!
    Deve ter sido emocionante!
    E o melhor de tudo é que as atrações não tiveram atraso (o que é muito raro por ai)
    Beijos

  2. Certeza qua a cada novo evento, virão mais e mais novidades.
    Fico daqui só ‘babando’ quando participam de eventos do tipo.
    Infelizmente por vários motivos não posso mais participar de shows como esse, principalmente por questão de locomoção, mas bem gostaria de reviver bons momentos de participação em shows que já fui… Só relembrando…
    “A amizade, depois da sabedoria, é a mais bela dádiva feita aos homens.” (François La Rochefoucauld)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE MAIO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Next Post

Coala Festival 2017 com identidade visual baseada em video games

Tue May 23 , 2017
O Coala Festival é dedicado à nova música brasileira. Desde sua primeira edição em 2014, criou uma comunicação criativa que dialoga direto com o público […]
Bitnami